Como Saber Se Estou Grávida?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars   (4,67 de 5 com base em 6 votos)
Loading...
como saber se estou gravida?

como saber se estou gravida?

A descoberta da gravidez não é uma coisa tão simples como fazem parecer aquelas velhas senhoras que só de olhar a vizinha na rua já são capazes de diagnosticar: “tá embuxada”.

Por outro lado, também não é, na grande maioria dos casos, tão assustadora quanto aqueles programas de tv em que, de uma hora para outra, mulheres que não sabiam que estavam grávidas dão a luz sentadas na privada.

Tudo depende de quão conectada você é com o seu corpo, já que uma vez fecundado o óvulo, ele começará o processo de adaptação necessário para oferecer condições de crescimento para o seu bebê.

Nesse processo, algumas coisas irão acontecer. Por exemplo, o sinal mais precoce indicado pela literatura médica, é o chamado sangramento de implantação. Ele pode ocorrer de 6 a 12 dias após a concepção e nada mais é do que o embrião se ajeitando na parede do útero. O sintoma seguinte, visível cerca de 1 ou 2 semanas depois da concepção, costuma ser o aumento de tamanho e da sensibilidade dos seios, que já é o início da preparação para amamentação. Dores nas costas, dores de cabeça ou mudanças de humor também podem acontecer. O problema, até aqui, é que todos esses sintomas também são bastante característicos da TPM. Então como conseguir diferenciá-los? A resposta é bastante simples, na verdade. Aguarde sua menstruação. Este é, na opinião dos médicos, o sinal mais confiável de que você pode estar grávida. Em todo caso, ele também pode falhar. Em algumas mulheres, o ciclo menstrual continua ocorrendo ainda por alguns meses após a concepção. Outras vezes, são mulheres com ciclos muito irregulares. Para esses casos, aqui vão mais algumas pistas que aparecem um pouco mais a frente da gestação:

Sono e cansaço

Sono e cansaço

Sono e cansaço: você está exausta? Pode ser que não seja culpa do seu chefe que anda te enchendo de hora extra. Nem da festinha em dia de semana da qual você devia ter saído mais cedo. Já a partir da primeira semana de gravidez esse sintoma pode aparecer devido ao aumento nos níveis de progesterona e ao fato de que você está fazendo uma pessoa.

Náuseas e enjôos matinais

Náuseas e enjôos matinais

Náuseas e enjôos matinais: é provavelmente o sintoma mais conhecido. Aparece como pista de gravidez há décadas nas novelas e filmes de Hollywood. E não é à toa. Cerca de 60 a 80% das mulheres têm estes sintomas, que aparece de 2 a 8 semanas após a concepção, de forma mais ou menos intensa. Acontece geralmente pela manhã e uma boa forma de se livrar dele é ingerindo algum alimento cítrico (é a desculpa perfeita para você tomar um picolé de limão!)

Aumento da circunferencia abdominal

Aumento da circunferencia abdominal

Aumento da circunferência abdominal: infelizmente, antes de você fazer a Leila Diniz na praia com o seu barrigão, vai passar por uma primeira etapa que nada mais é do que seu corpo abrindo espaço para o bebê. O que acontece é que seu útero cresce e os órgãos do abdome vão “subindo”.

Aumento da frequência urinária

Aumento da frequência urinária

Aumento da frequência urinária: quando o útero cresce, ele começa a incomodar os vizinhos, ou seja, fazer pressão na sua bexiga. Fique atenta a este sinal se você não tiver sua gravidez comprovada porque ele também é sintoma de coisas bem mais desagradáveis como infecção urinária e diabetes.

Caso você apresente alguns dos sintomas acima, o próximo passo é fazer um teste de gravidez. A forma mais rápida e fácil de fazê-lo é indo até a farmácia mais próxima. A ciência por trás da coisa é: existe um tipo de hormônio que o corpo só fabrica na gravidez, exceto casos raríssimos, o hormônio gonadotrofina coriônica humana (hCG).

No caso do teste de farmácia, ele vai medir a concentração de hCG na urina. Dependendo da marca, um teste pode ser mais sensível que o outro, ou seja, pode detectar concentrações menores ou maiores de hormônio. Se der positivo é praticamente certo que você está grávida. Se der negativo e você continuar desconfiada, vale a pena refazê-lo em alguns dias pois talvez a concentração de hormônio não seja grande o suficiente para o exame detectar. Outra possibilidade é fazer um exame de sangue. A maioria dos laboratórios o faz mesmo sem receita médica. Aí não tem muito erro: comemore, conte para sua mãe e ligue imediatamente para o seu ginecologista para começar seu pré-natal.

Avalie o artigo "Como Saber Se Estou Grávida?":
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars   (4,67 de 5 com base em 6 votos)
Loading...

Gostou do Post? Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *